quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

As séries que quero ver em 2018

Depois de já vos ter dito que séries é que eu achei que foram as melhores de 2017 (aqui), chegou a vez daquelas que quero mesmo ver em 2018, aquelas que eu considero a não perder!

A primeira é Mindhunter, que estreou em Outubro na Netflix. Não encontrei nenhuma sinopse de jeito, mas a série é sobre dois agentes do FBI que decidem investigar como funciona a mente dos serial killers. Não sei quanto a vocês, mas eu tenho um certo fascínio pelas mentes de assassinos e de perceber como é que elas funcionam. Definitivamente, esta vai ser a primeira série que vou ver quando conseguir arranjar um tempinho! 8.7 no IMDb


Atypical, é uma comédia, também da Netflix, estreou em Agosto e, basicamente, é sobre "um miúdo autista e a sua jornada para encontrar amor e independência. Esta jornada de auto-descoberta é tão divertida quanto dramática e tem um impacto em toda a sua família, forçando-os a lidar com as alterações nas suas próprias vidas e fazendo-os questionar: afinal, o que realmente significa ser normal?" 8.4 no IMDb


Ozark é um drama da Netflix e estreou em Julho. É sobre uma família aparentemente normal, no entanto, o pai é consultor financeiro e, ao mesmo tempo, lava dinheiro para o segundo maior cartel de drogas do México. Quando as coisas ficam feias, ele leva a família de Chicago para a região dos Lagos Ozark, no Missouri. Parece-me bastante interessante. 8.4 no IMDb


Black Mirror deve ser, destas séries, a que estou mais ansiosa para ver! Também da Netflix (não é patrocinado, a Netflix é que tem muito boas séries) é um drama misturado com fantasia e ficção. "Black Mirror retrata a inquietação colectiva em relação ao mundo moderno. Com muito suspense e genialidade, cada história explora temas relacionados com a paranóia tecnológica contemporânea. A tecnologia transformou todos os aspectos de nossa vida: em todas as casas, em todos os escritórios e nas mãos de todas as pessoas há uma tela de plasma, um monitor, um smartphone – um espelho negro que reflecte a nossa existência no século XXI" (sinopse). 8.9 no IMDb


Mais uma da Netflix: Dark. "A história acompanha quatro famílias diferentes que vivem numa cidade pequena alemã. As suas vidas pacatas são completamente atormentadas quando duas crianças desaparecem misteriosamente e os segredos obscuros das suas famílias começam a ser desvendados". Eu já ouvi falar tão, tão bem desta série que as minhas expectativas estão bem altas. 8.8 no IMDb


Por último, Lucifer – "Lucifer, que, entediado e infeliz como o Senhor do Inferno, renuncia o seu trono e abandona o seu reino para ir para a cintilante loucura de Los Angeles, onde ele vai ajudar a polícia local a punir os criminosos". Tenho muito, muito interesse nesta série e não vejo a hora de a começar. 8.3 no IMDb


Depois, quero muito ver The Handmaid’s Tale, mas quero ler o livro primeiro. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Leituras Desassossegadas #16

A Cidade e as Serras, Eça de Queirós « A Cidade as Serras , romance publicado um ano após a morte do autor, teve como ponto de partida o...