sábado, 31 de março de 2018

The Shape of Water - Movie36

Tarde, mas chegou!! O último filme do mês de Março - The Shape of Water.

Tinha alguns preconceitos em relação a este filme. Basicamente, sabia que era uma história de amor entre uma mulher e uma "criatura do mar", o que fez com que eu tivesse zero vontadinha de o ver. Mas, como ganhou o Oscar de Melhor Filme, queria ver se realmente era bom.

"Década de 60. No meio de grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), funcionária de limpeza num laboratório experimental secreto do governo, afeiçoa-se a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate, ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer)."

Não sei se as minhas reservas quanto ao filme fizeram com que eu gostasse ainda menos do que aquilo que eu estava à espera. Que filme foi este, senhores? Foi isto que ganhou o Oscar de Melhor Filme? Valha-nos as cinco chagas do senhor.

Eu sei que imensas pessoas acharam o filme muito belo e emotivo, mas ou eu é que sou muito insensível, ou então simplesmente não é um filme indicado para mim. Contudo, tenho de ressalvar, aqui, a prestação da Sally Hawkins, que foi absolutamente extraordinária, conseguindo transmitir tudo o que sentia sem dizer uma palavra. Para além disso, os cenários estavam incríveis, passando a imagem do que era viver na década de 60 em plena Guerra Fria.

Além do mais, a personagem de Michael Shannon está muito bem construída e representa o stress e paranóia sentida em relação ao comunismo e aos russos. Shannon é o vilão, mas um vilão que oscila entre a monstruosidade (mais do que o próprio "monstro") e momentos de fraqueza, que mostram que ele é apenas um humano. Ele é o que as circunstâncias fizeram dele, um pai de família, mas que tem de se comportar como um monstro para agradar aos seus superiores e sobreviver neste mundo. Outra personagem a ressalvar é o "velho" Giles, o solitário vizinho de Elisa. Uma das coisas que mais gostei no filme, apesar de não o ter adorado, foi o facto de cada personagem ter a sua própria história e ser independente da história principal. As personagens estão mesmo muito bem construídas, e isto foi algo de que eu gostei muito.

Não é que tenha detestado o filme, mas acho que não se enquadra nos meus gostos. Ainda tentei tirar alguma reflexão do filme, pensar no que é que tinha sentido durante o filme, mas não senti nada [à excepção de uma parte, em que senti nojo… envolve a criatura e um gato]. É uma história de amor estranha, que agradou a muita gente, incluindo a Academia, mas que eu simplesmente não consegui gostar.

Por isso, deixo-vos aqui o link dos outros dois filmes que vi este mês, e que, na minha opinião, valem muito mais a pena: Call Me By Your Name e Get Out.



*Post inserido no projecto Movie36*
A criadora do projecto é a Carolayne "Lyne" Ramos, do blogue "Imperium"
A parceira oficial é a Sofia Costa Lima, do blogue "A Sofia World"
Os restantes participantes:
Inês Vivas, "VIVUS"
Vanessa Moreira, "Make it Flower"
Joana Almeida, "Twice Joaninha"
Joana Sousa, "Jiji"
Alice Ramires, "Senta-te e Respira"
Cherry, "Life of Cherry"
Sónia Pinto, "By the Library"
Francisca Gonçalves, "Apenas Francisca"
Carina Tomaz, "Discolored Winter"
Sofia Ferreira, "Por onde anda a Sofia"
Rosana Vieira, "Automatic Destiny"
Inês Pinto, "Wallflower"
Abby, "Simplicity"

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Depois, se quiseres, partilha a tua opinião :)

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Olá! Vim cuscar o teu blog e já estou a gostar :)
    Também detestei o filme, sinceramente foi dos filmes que estavam nomeados que me custou mais a ver este ano (tirando dois que só vi 10 minutos e desisti). De inicio eu dizia mal do filme e até me sentia estranha porque não havia ninguém que dissesse mal, era maravilhas atrás de maravilhas.
    Mas realmente não consegui gostar (a cena do gato ainda me está atravessada, estava a ver com os meus dois gatos e era uma mão para cada um a tapar-lhes os olhos :D - estou a brincar óbvio, mas que mandei uns gritinhos histéricos mandei).
    Cada vez percebo menos os critérios da academia. O Call me by your name tinha sido o vencedor perfeito. Ou até os 3 cartazes. Ou o Get out! Mas enfim, desde que há uns anos ganhou o Birdman eu já espero de tudo :D
    Gostei muito de ler e vou continuar a passar.***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho que discordar de ti em relação ao "Birdman". Eu adorei o filme!! Quanto ao "Shape of the Water" parece mesmo que a grande maioria das pessoas gostou bastante do filme... somos nós as estranhas ;)

      Beijinhos

      Eliminar

Leituras Desassossegadas #25

3 semanas. 4 livros. Todos inseridos no desafio Book Bingo Leituras ao Sol . Já escrevi sobre um deles - V ozes de Chernobyl  - e hoje venh...